quarta-feira, 20 de julho de 2011

Amigas - nossos anjos na Terra



Diz-se que HOJE é dia do amigo...

Mas eu acho que dia do amigo ou melhor, da amiga, é aquele dia que você acorda e pensa na amiga, se preocupa com ela e nem ao menos consegue ligar pra ela! Desleixo? Não. É a vida! Mas ela fica na memória em todos os segundos do dia... vc se preocupa, vc ouve uma palavra e se lembra dela, vc faz uma atividade e pensa nela... amiga de verdade é essa. Aquela que vc conta e ouve ao mesmo tempo, aquela que te ouve e te conta ao mesmo tempo, aquela que em duas horas vc coloca em dia anos de acontecimentos mesmo sem falar exatamente o que aconteceu... ela entende! É maravilhoso!!!

Amigas são as Andreias e as Marcias que a vida nos oferece com seus dias preciosos, que fazemos uma roda e dançamos do meio da tribulação, rimos das dificuldades e choramos de alegria!

É tudo de bom e mais um pouco!!!!

Então, hoje a gente pede, especialmente por todas as nossas amigas.


Anjo de Deus, que por divina bondade sois a guarda e proteção de minhas amigas. Sempre as reja, proteja e ilumine. Amém.


E vou te falar uma coisa, que serve em todo momento, pra mim, pra você e pra você:

  • Tudo passa.
  • Amanhã é outro dia...
  • É a vida... tudo pode acontecer...
  • Não se preocupe. Pense nisso amanhã!
  • Somos mulheres! Por incrível que pareça, podemos sempre mais, aguentamos sempre mais e PODEMOS nos curar!
  • Liga pra mim a hora que quiser.

................................................................................................................................................


Canção Da América

Milton Nascimento

Composição: Fernando Brant e Milton Nascimento
video

Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo partir

Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou

Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam "não"
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração

Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, amigo, eu volto
A te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário